Às vezes cansa!

Às vezes cansa correr atrás!

Cansa ser o único que se importa, o único que começa as conversas.

Cansa ser o único que tenta manter a amizade,

O único a dizer que sente saudade.

Parece que tudo não passa de uma mentira,

Que só eu amo de verdade.

Parece que não sou importante pra você,

Que só você que é importante pra mim!

Cadê todo amor que você dizia sentir por mim?

E toda a saudade que você falava que sentia?

Palavras não são nada sem as atitudes.

Só sei que eu cansei de correr atrás

De quem não quer correr atrás de mim!

Escrito por Rebeca Garisto

 

Advertisements

Acabou!

Por favor, me diga que você já desistiu de falar comigo.

Por favor, me diga que você desistiu de ser meu amigo.

Me diga que você cansou de fingir que está tudo bem.

Me diga que você cansou de fingir que não está acontecendo algo com outro alguém.

Por favor, me diga que, como você não me disse que estava de rolo com outra pessoa, como você não me disse a verdade, você percebeu que eu não quero mais saber da nossa amizade.

Me diga que você cansou de me fazer de idiota e que desistiu de fingir que eu significo algo para você.

Por favor, só me diga que você sabe que a nossa amizade não era para ser para sempre.

Me diga que realmente não está tudo bem e que você sabe que vai continuar assim e que tudo bem continuarmos colegas, mas que a nossa amizade nunca mais vai voltar.

Porque você sabe que nem todas as amizades são para sempre e que você sabe que a nossa amizade era por apenas um tempo!

Escrito por Rebeca Garisto

Esquecendo você!

A saudade batia!

Cada minuto que passava ela crescia.

E eu esperava o momento em que você falaria comigo…mas esse momento não chegou.

Parecia que para você não importava o que nós passamos juntos, a nossa amizade. Era como se nunca tivesse acontecido, como se tudo fosse apenas um sonho, como se eu não fosse mais importante para você.

Decidi, então, tentar falar com você e ver no que daria.

A saudade diminuiu um pouco, mas percebi que aquilo que era antes, nunca mais voltaria.

Então comecei a sentir a saudade indo embora de vez, comecei a deixar as coisas do passado apenas no passado e esquecer de tudo que tinha acontecido.

Assim, esqueci! Esqueci daquilo que estava me machucando, esqueci daquela saudade que doía e que era apenas dolorida para mim. Deixei de lado o que incomodava e esqueci! Sabendo que foi bom enquanto durou, mas que nunca mais irá voltar!

Escrito por Rebeca Garisto